Search
Close this search box.

SARAU LITERÁRIO DA ESCOLA ESTADUAL IRACI LEITÃO HOMENAGEIA POETAS COARIENSES

Com o tema “O Talento de nossos alunos merece destaque”, a Escola Estadual Iraci Leitão, no município de Coari, realizou na última sexta-feira (10), o seu 1º Sarau Literário. O evento contou com a participação de 150 estudantes dos anos finais do 1º e 2º Ciclos da unidade escolar, com homenagem aos poetas coarienses Archipo Góes, Chagas Simeão e Sula dos Santos. O sarau foi resultado da Oficina de Reforço Escolar em Língua Portuguesa e de três projetos de leitura realizados na escola: Envelope da Leitura, Sacola Mágica da Leitura e Estrela da Leitura.

O sarau literário é um evento de grande importância dentro do contexto escolar, pela sua relevância e pelo envolvimento dos educandos em atividade prazerosa, que desperta o interesse pela leitura e produção de textos. 

A palavra “sarau” tem origem do termo latino serus (relativo ao entardecer), porque aconteciam, em geral, no fim do dia. Muito comum no século XIX, os saraus vêm sendo resgatados e reinventados pelas escolas, como uma maneira de fortalecer a identidade da comunidade escolar, promovendo a integração de todos, inclusive dos pais de alunos.

O sarau, além de incentivar a leitura e a criatividade, valoriza os talentos culturais dos alunos, atraindo os seus familiares. É um evento cultural em que as pessoas se encontram para expressar ou se manifestar artisticamente.

Foi nesse contexto que aconteceu o 1º Sarau Literário da Escola Estadual Iraci Leitão, realizado na última sexta-feira (10), às 18h. Na ocasião, houve exposição de textos produzidos, pelos alunos, nas oficinas de Leitura e Produção de Poemas, incluindo Literatura de Cordel; Escrita e Leitura de Bilhete; Análise, Leitura e Desenho de Figuras; e Escrita e Leitura de Convite. Teve também Varal de Poesia e Mesa de Leitura, com a participação de Chagas Simeão, um dos poetas homenageados no sarau, e a apresentação de parlendas, jogral, danças, música ao vivo e recital de poesia.

“A proposta de realizarmos o primeiro Sarau Literário da nossa escola foi consolidada na Oficina de Reforço Escolar em Língua Portuguesa, mas a ideia já vinha fazendo parte das nossas discursões sobre a necessidade de inserirmos no currículo escolar, um projeto que contribuísse, efetivamente, para que os alunos conhecessem e utilizassem elementos constitutivos da linguagem de forma reflexiva e funcional, assim como, criar um compromisso coletivo entre a escola e a comunidade escolar em ações de promoção da leitura, da escrita e da oralidade”, explicou a gestora da Escola Iraci Leitão, Nailza da Silva Moriz.

Segundo a gestora, a base para a realização do sarau foram os projetos de incentivo à leitura desenvolvidos na escola. Através do Envelope da Leitura, por exemplo, semanalmente, cada aluno recebe, da coordenação do projeto, um envelope com livros ou textos de temas diversos. “No final de semana os estudantes levam os envelopes para casa e fazem leitura individual. Depois, são sorteados para socializar o conteúdo lido com toda a turma”, conta.

O Sacola Mágica da Leitura vem incentivando a leitura em casa, por meio dos pais. “Fizemos reuniões e os pais ou responsáveis se comprometeram em cobrar de seus filhos a leitura diária de qualquer livro ou revista nem que seja por meia hora”.

Por fim, o projeto Estrela da Leitura também contribuiu para a culminância do 1º Sarau Literário do Iraci Leitão. Nesse projeto, os alunos são motivados ao contato com os livros, através da leitura premiada. Com isso, explica Nailza, os estudantes ficaram em maior contato com os livros, estimulando-os à constante leitura. “Os alunos que mais lerem, serão premiados no final do ano. Para comprovar a leitura, eles respondem a fichas sobre o conteúdo do livro lido”, pontuou a gestora.

Encontro com poetas

Na quarta-feira (08), a escola promoveu um encontro com os escritores homenageados no 1º Sarau Literário, no qual os alunos tiveram a oportunidade de conhecer melhor sobre a vida e a obra dos escritores.

Ausência

archipo

O autor Archipo Góes, não participou das atividades do sarau literário em decorrência do mesmo ter sido convidado para participar da programação da 2ª Feira do Livro, na Livraria Valer, em Manaus, onde o escritor coariense Francisco Vasconcelos lançou a 4ª edição do livro “O Regime das Águas”.

Por: Daniel Almeida

 

Está gostando ? Então compartilha:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deolindo Dantas
História
Archipo Góes

Deolindo Dantas – 1895

Archipo Góes Passamos agora a descrever a biografia de um importante líder político e comercial coariense. Foi o principal opositor político de Alexandre Montoril e

Leia mais »
Crônica
Literatura
Archipo Góes

Crônicas de Coari – Vol. 01

Nesta página, podemos ter acesso ao Flipbook Crônicas de Coari, que disserta sobre a cotidiano da cidade de Coari e sua história.

Leia mais »
Maria Higina
História
Archipo Góes

A Saga de Maria Higina em Terras Coarienses

A senhora Maria Hígina, uma mulher que estava a frente do seu tempo e viveu em Coari entre as décadas de 1960 e 1970. Foi prefeita do Trocaris, poetisa, cronista do Jornal do Comércio e seringalista.

Leia mais »
Adal
Músicas
Archipo Góes

Amazônia na Dança das Águas – Adal Amazônico – 2015

Amazônia na Dança das Águas é uma música composta no ano de 2015, na cidade de Coari, durante a maior cheia já registrada na região amazônica. Adal ao observar o fenômeno cíclico da natureza, em que as ruas de sua cidade natal estão tomadas pelas águas e os peixes nadando pelas vias públicas do centro de Coari, se inspira para compor uma das mais belas canções de seu repertório com temática amazônida.

Leia mais »
Rolar para cima
Coari

Direiros Autorais

O conteúdo do site Cultura Coariense é aberto e pode ser reproduzido, desde que o autor “ex: Archipo Góes” seja citado.